Kit Agosto/2020

Kit Agosto/2020

Postado em:
Blog - Kit do mês
- 08/08/2020 16:48:29

Olá, assinantes! Esperamos que todos estejam bem. Vamos aos queijos do mês!
 
Como todos sabem, Minas é a terra do queijo! São diversas regiões com muitos produtores para conhecermos, e nessa pesquisa encontramos a família Paulinelli, de Itapecerica. A paixão do Eduardo pelo mundo rural e pelas vacas o fez produtor de leite aos 16 anos de idade. Há sete anos, ele e a esposa Priscilla resolveram ficar de vez na fazenda para se dedicar à produção, e apenas um ano e meio atrás começaram a transformar o leite em queijo. Nasceu a Queijaria Paulinelli! 
Outra região do estado que não cansa de nos surpreender é o sul de Minas. De Itanhandu trouxemos o queijoMantiqueira de Minas curado da fazenda Bom Sucesso. A família tem tradição leiteira há quatro gerações. Era tanto leite que o casal Eduardo e Marisol, desde 2003, já faziam uns queijinhos para família e amigos. Quando veio a greve dos caminhoneiros, em 2018, não havia como escoar o leite e muitos produtores da região tiveram que jogar fora milhares de litros. Eles não, a produção foi toda transformada em queijo. Foi o empurrão que precisavam para o novo negócio. Hoje a fazenda produz cada vez mais queijo e vende cada vez menos o leite. 
Para fechar o time mineiro, um legítimo Canastra: o Trilha da Pedra. Elza é da quarta geração de produtores e tem uma história muito comum na região:a longa tradição familiar sempre foi de produção e comercilização do canastra fresco, tem apenas um ano que ela iniciou os processos de maturação. Hoje, tem fila de espera para compra!
Da tradição mineira para a inovação paulista! A Estância Silvânia, em Caçapava, é uma fazenda da década de 1960 com especialidade no gado Gir leiteiro. Diversos prêmios e muito estudo os tornaram referência no assunto. E para tornar a história ainda mais exclusiva, em 2008, o casal Eduardo e Camila, iniciaram a seleção dos animais para produção exclusiva de leite A2A2 (de mais fácil digestão. Esse tema é muito recente e interessante! Vejam mais detalhes nesse link). Em 2016 Camila fez curso de queijos na França e voltou convencida em investir nos queijos maturados com seu leite tão especial. Hoje tem uma seleção criativa de receitas e continua investigando novas possibilidades. Escolhemos o Serrinha para nossa seleção! 
Descendo no mapa, mais um queijo da nossa querida Elisabeth Schober, da “Queijo com Sotaque”, em Santa Catarina. Queijeira francesa com larga experiência em seu país, se apaixonou pelo Brasil e aqui resolveu fincar raízes. Abriu a queijaria em 2013 para produzir receitas inspiradas nos queijos franceses, porém com toque brasileiro. Desta vez o escolhido por nós foi o Serra do Tabuleiro, inspirado na receita do Comté. 
Também de Santa Catarina, trouxemos o Vale do Testo, do laticínio Pomerode. Os irmãos Juliano e Bruno Mendes têm veia empreendedora. Em 2003, junto com o pai, fundaram a cervejaria Eisenbahn. Em 2013 compraram o Laticínio Pomerode e começaram a estudar sobre queijos. Fizeram muitas viagens e cursos, contrataram consultoria e em 2017 lançaram a linha de queijos especiais Vermont voltada para queijos finos. O Vale do Texto é a primeira experiência de queijo maturado da linha. 
Fechando o time, mais um representante da Canto Queijaria. Paulo e Mari já rodaram bastante por aí antes de se dedicarem aos queijos. Moraram em cidades grandes e até no exterior. Aí veio a tal “crise existencial”. Paulo explica: “Juntos começamos a questionar muitas coisas e repensar quase tudo sobre a nossa vida pessoal e profissional. Foi então que decidimos passar um período sabático em Nova Iorque. E foi lá, numa das cidades mais cosmopolitas do mundo, que estalou em mim a importância do campo, do alimento, da origem da nossa comida”. Resolveram retornar às origens da família do Paulo, em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Eles já tinham história com a lida das vacas e do leite e a consequência dessa mudança foi a fundação da Canto Queijaria em 2019 com propostas bem autênticas. Deles trouxemos o queijo Hermano
 
PAULINELLI (MG) – Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 70 dias. Casca firme tomada por mofos naturais. Massa semi cremosa, notas aromáticas de madeira e castanhas. Sabor suave, com leve picância ao final.

BOM SUCESSO (MG) – Queijo de leite cru de vaca e massa semi cozida. Maturação média de 100 dias. Casca firme, massa amarela, quebradiça, granulada. Sabor levemente picante e floral. 

TRILHA DA PEDRA (MG)– Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 50 dias. Casca tomada por mofos brancos naturais, massa firme com notas de cogumelo, couro e leve acidez. Medalha de bronze no Prêmio Queijo Brasil (2019).

SERRINHA (SP) –  Queijo de leite A2A2 de vaca, cru. Maturação media de 40 dias. Casca fina, massa macia. Sabor suave, amanteigado e de leve acidez que remete a iogurte.  Medalha de Ouro no Prêmio Queijo Brasil (2017)

SERRA DO TABULEIRO (SC)– Queijo de leite de vaca. Inspirado no Comté francês. Maturação média de 7 meses. Casca rugosa de fungos selecionados com sabor levemente amargo. Massa amarelada, untuosa. Sabor com notas amanteigadas, florais e de cogumelos. Fundo doce. Medalha de prata no Prêmio Queijo Brasil (2014) e bronze (2016)

VALE DO TESTO (SC)– Queijo de leite de vaca e massa semi-cozida. Maturação de 6 meses, com lavagem 3 vezes por semana com uma solução que inclui água, sal e um blend de microorganismos específicos. Notas aromáticas de caldo de carne, defumado e amêndoas. Massa lisa, sabor amanteigado com as mesmas notas do aroma. Untuoso na boca e equilibrado no sal.

HERMANO (RS)- Queijo de leite cru de vaca, maturação média de 70 dias. Lavado na cerveja Session Ipa da cervejaria Hermana. Casca rugosa, alaranjada, massa branca de textura aveludada. Aroma intenso com notas de cogumelos. Sabor levemente picante e terroso. Untuoso. 
 
Conservação: 
Manter na geladeira (parte menos fria), envolto em filme plástico ou papel manteiga. Retirar da geladeira e da embalagem ao menos uma hora antes de degustar. Para manter a umidade, também é possível armazenar em potes plásticos. Importante abrir o pote a cada 2 dias para circulação do ar.
Esperamos que curtam a seleção. Boa degustação!

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Kit Setembro/2020
Kit Setembro/2020
Kit Julho/2020
Kit Julho/2020
Kit Junho/2020
Kit Junho/2020
Kit Maio/2020
Kit Maio/2020
Kit Abril/2020
Kit Abril/2020

Receba novidades por email

E-mail cadastrado com sucesso.