Kit Fevereiro/2018

Kit Fevereiro/2018

Postado em:
Blog - Kit do mês
- 07/02/2018 16:06:18

Olá, assinantes,
 
Este mês trazemos um kit especial dedicado a Minas Gerais e suas diferentes microrregiões produtoras. Os queijos Araxá, Roça da Cidade e Pam representam queijos tradiconais das regiões de Araxá, Canastra e Cerrado, respectivamente. Os queijos Kankrej (Região do Serro) e Senzala (Região de Araxá), apesar de estarem nas microrregiões tradicionais, são queijos com receitas inovadoras. Segue a descrição:
 
SENZALA (MG) – Cidade de Sacramento, região de Araxá. Produzido por Joel e Marli Leite. Queijo de leite cru de vaca. Casca com pontos de mofo branco. Tem sabor suave e amanteigado e leve acidez. Massa um pouco cremosa. Curado por 40 dias. Queijo premiado com a Medalha Super Ouro – Mondial du Fromage 2017, França.
 
ARAXÁ (MG) – Produzido por Alexandre Honorato, este é um legítimo representante da micro região de Araxá. Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 40 dias. Casca fina amarelada, com massa compacta branca e cremosa, de sabor suave. Sugerimos que este queijo seja lavado e sua embalagem trocada devido a gordura que escorre do mesmo.
 
ROÇA DA CIDADE (MG) – INÉDITO.  Cidade de São Roque de Minas. Produtor João Leite. Queijo de leite cru de vaca, da centenária região da Canastra. Queijo de casca amarelada, massa compacta. Aroma e sabor característicos com perfil rústico e lácteo.
 
KANKREJ (MG) – INÉDITO.  Cidade de Santo Antônio do Itambé, região do Serro. Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 40 dias. Produzido a partir do leite da raça Guzerá, este queijo é rico em gordura que promove untuosidade na boca. Casca com pontos de fungo e massa cremosa com pequenas olhaduras. Leve picância. Kankrej é o nome original da raça Guzerá, uma das mais rústica do mundo.
 
PAM (MG) – INÉDITO.  Cidade de Patos de Minas, região do Cerrado. Produzido por Ronaldo da Silva, da Queijaria Fazenda Barreiras. Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 40 dias. Casca firme com pontos de fungo, massa quebradiça e levemente salgada.
 
Conservação:
 
Manter na geladeira (parte menos fria), envolto em filme plástico ou papel manteiga. Retirar da geladeira e da embalagem ao menos meia hora antes de degustar. Para manter a umidade, também é possível armazenar em potes plásticos. Importante abrir o pote a cada 2 dias, para circulação do ar.
 
Como um alimento vivo, mesmo em baixa temperatura, o queijo vai se transformando ao longo do tempo. Para degustá-lo com as características em que chegou a sua casa, sugerimos o consumo em até 1 mês. Isso não significa que os queijos estraguem depois disso, mas como vocês receberam um pedaço da peça, ou seja, com o interior já exposto, com o tempo ele vai perdendo umidade. Transforma-se!
 
 
Boa degustação!

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Kit Janeiro/2018
Kit Janeiro/2018
Kit Dezembro/2017
Kit Dezembro/2017
Kit Novembro/2017
Kit Novembro/2017
Kit Outubro/2017
Kit Outubro/2017
Expedição ao Campo das Vertentes (4ª parte) – Um queijo especial
Expedição ao Campo das Vertentes (4ª parte) – Um queijo especial

Receba novidades por email

E-mail cadastrado com sucesso.