Kit Abril/2020

Kit Abril/2020

Postado em:
Blog - Kit do mês
- 06/04/2020 15:04:53

APRESENTAÇÃO DOS QUEIJOS DE ABRIL 2020
 
Olá, assinantes! Esperamos que todos estejam bem! Esse período desafiador pelo qual todos estamos passando tem servido para que o Clube reafirme e fortaleça a defesa dos queijos artesanais e suas famílias produtoras. A preocupação com a alimentação será cada vez maior e sabemos da relevância de nossos produtos nos aspectos nutricionais e microbiológicos para nossa saúde. Vamos em frente! Segue a apresentação dos queijos do mês. 
 
Da fazenda Sant’Anna, queijaria Pardinho, no estado de São Paulo, trouxemos o premiadíssimo Mandala e o não menos prestigiado Cuestinha. Com um trabalho de melhoramento genético de mais de 30 anos e diversos certificados de excelência, a queijaria dedica-se atualmente a produção de queijos a partir do leite do gado Gir. Utilizam tachos de cobre importados da França e realizam a maturação em caves e prateleiras de madeira, o que confere sabores, aromas e texturas especiais aos queijos.
Lá de Minas, da cidade de Uberlândia, microrregião do Triângulo Mineiro, vem o Ouro das Gerais. Walquíria e Gilmar dedicam-se a produção de queijos exclusivos de leite cru de gado Jersey, que apresenta um excelente teor de gordura. As condições naturais da fazenda e o processo de maturação completam o cenário deste representante mineiro ainda pouco conhecido.
Também mineiro, o Goa é um queijo tipo parmesão cuja ideia nasceu da parceria de duas famílias. A primeira detinha a arte de produção artesanal do Parmesão do Sul de Minas, porém tinha capacidade de produção em pequena escala, para o mercado local. A segunda família, Arantes Maciel, vinha há muito tempo traçando um movimento de resgate e preservação de sua história e tradição. Para isso era preciso restaurar e tornar produtiva a antiga sede da Fazenda da Lage, o casarão em torno do qual a família se alicerçou ao logo do tempo, onde seus laços afetivos e produtivos nasceram e se consolidaram.
Fechando o time, um Canastra especial. Serjão tem uma trajetória peculiar dentre os produtores de queijo da Canastra. Seus avós foram os pioneiros na lida com gado na família, mas o sustento vinha pela venda do leite, assim aconteceu também com seus pais. Foi ele quem iniciou a produção de queijos na fazenda. Largou a faculdade de direito e se mudou com a família para a roça para tocar seu sonho de infância. Seu queijo é bastante especial, com presença de mofos e maciez da massa que o diferem de muitos outros Canastras.
 
MANDALA (SP) – Fazenda Sant’Anna. Cidade de Pardinho. Queijo de leite cru, feito com um blend de leites respeitando sempre um mínimo de 50% de leite de vacas Gir. Casca firme rugosa, lavada semanalmente durante sua maturação de 10 meses. Massa amarelada, untuosa, com notas amendoadas e fundo doce. Baixa acidez. Medalha Super Ouro, eleito como o melhor queijo no Mundial do Queijo do Brasil 2019.
 
CUESTINHA (SP) – Fazenda Sant’Anna. Cidade Pardinho. Queijo de leite cru de vaca das raças Gir e Jersey. Maturação média de 120 dias. Casca firme coberta por fungos, massa amarelada e semi-macia, de fundo doce. Sabor equilibrado, com notas de castanha e nozes. Medalha de prata no II Prêmio Brasil (2016).
 
OURO DAS GERAIS (MG) – Microrregião do triângulo mineiro. Cidade de Uberlândia. Queijo de leite cru de jacas Jersey. Maturação média de 30 dias. Casca fina amarelada. Massa compacta, semi-macia, podendo apresentar pequenas olhaduras. Untuoso. Medalha de prata do Mundial do Queijo do Brasil 2019.
 
GOA (MG) – Cidade de Aiuruoca. Fazenda da Lage. Queijo de leite cru de vaca. Massa semi-cozida, maturação média de 50 dias. Sem casca, massa firme, um pouco quebradiça. Sabor suave que remete à manteiga. Queijo tipo parmesão jovem.
 
SERJÃO (MG) – Serra da Canastra, cidade de Piumhi. Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 50 dias. Casca firme com pontos de mofo branco. Massa cremosa de sabor intenso. Medalha de ouro no V Prêmio Queijo Brasil (2018).
 
Conservação:
Manter na geladeira (parte menos fria), envolto em filme plástico ou papel manteiga. Retirar da geladeira e da embalagem ao menos uma hora antes de degustar. Para manter a umidade, também é possível armazenar em potes plásticos. Importante abrir o pote a cada 2 dias para circulação do ar.

Esperamos que curtam a seleção. Boa degustação!
 

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Kit Outubro/2020
Kit Outubro/2020
Kit Setembro/2020
Kit Setembro/2020
Kit Agosto/2020
Kit Agosto/2020
Kit Julho/2020
Kit Julho/2020
Kit Junho/2020
Kit Junho/2020

Receba novidades por email

E-mail cadastrado com sucesso.